Partilhar

Henrique Sá Pessoa  faz parte da chamada revolução da alta gastronomia portuguesa, sendo o terceiro chef português na história a ser reconhecido com duas estrelas Michelin.

Natural de Oeiras, foi nos Estados Unidos que descobriu o gosto pela culinária, enquanto assistia a uma palestra sobre o Institute Cordon Bleu, uma conceituada escola de gastronomia, hotelaria e gestão, onde mais tarde viria a estudar.

Trabalhou em vários restaurantes, como o Panorama Restaurante do Hotel Sheraton e no Hotel da Lapa, ambos em Lisboa, no Sheraton on the Park, em Sydney, Austrália, e no Sheraton Park Lane, em Londres.

Em 2005 ganhou o concurso Chefe Cozinheiro do Ano, a 1.ª edição da Taça Horexpo em 2008. Foi eleito figura do ano 2007 pela revista Intermagazine, e foi galardoado com o prémio Arte da Cozinha 2007, atribuído pela Academia de Gastronomia Portuguesa.

Em 2009 abre o seu primeiro restaurante – o Alma – que haveria de fechar em 2014, para ser reaberto no Chiado, num ambiente muito maior e mais sofisticado.

A reabertura foi tão bem sucedida que, no ano seguinte, o Alma fora premiado com a sua primeira estrela Michelin, e a conta não demoraria a aumentar: dois anos depois, em 2018, o Alma conquistou a segunda estrela.

Últimos artigos